Dinâmica

Na abertura do evento, vamos ter várias autoridades respondendo qual é o papel e quais são as recomendações das suas Instituições na construção de cidades criativas e inteligentes.

 

A seguir, teremos o Painel 1 – “Metápolis: a cidade além do território”. Este é o módulo de abertura e vai tratar da conceituação e exemplos das METÁPOLIS nacionais e internacionais.

 

Na sequência, teremos o Caso 1 - A cidade de Santa Rita do Sapucaí que é um exemplo de uma Metápolis Brasileira com 5G já instalado e um protótipo de 6G em andamento.  Santa Rita de Sapucaí é conhecida como "O Vale da Eletrônica“, Tem o slogan de Cidade Criativa, Cidade Feliz. Santa Rita é realmente uma cidade empreendedora. Já ganhou várias vezes o prêmio de prefeito empreendedor do Sebrae e foi a primeira cidade a ser reconhecida como um parque tecnológico aberto (um território de inovação). Tem taxa de escolarização entre 6 e 14 anos de 98%, estando em primeiro lugar entre os municípios brasileiros. Além de tudo isso, tem como prefeito um professor, pesquisador e gestor público.


O tema do Painel 2 é ‘Distritos de Inovação: Uma tendência’. Este módulo mostrará as diferentes visões e experiências dos ambientes de inovação e sua relação com as METÁPOLIS.

 

Em seguida, teremos o Caso 2 – ‘Mobilidade Urbana’, permitirá conduzir reflexões envolvendo o pensar este tema nas Metápolis? Como pensar as cidades depois da pandemia? Como elas podem ser pensadas para serem mais criativas e atraírem mais talentos?  

 

O Painel 3 - Alternativas criativas e sustentáveis para energia, vem trazer várias experiências e reflexões sobre o tema e as soluções da energia no futuro das cidades. Inclusive, pensando em alternativas para as comunidades de baixa renda.

 

Aí vem mais um caso - Caso 3 - Uma Saída da Pandemia Econômica pelo Cooperativismo, que vai mostrar uma nova forma de participação e colaboração no processo produtivo. O cooperativismo. Casos de sucesso, cidades cooperativistas e uma saída para o futuro nas relações do trabalho.

 

O Painel 4 - Bem estar – O papel da indústria 4.0, vai discutir o bem estar nesta relação com a indústria 4.0. Como podemos nos apropriar das tecnologias melhorando nossas vidas? Com o que temos que nos preocupar?  Visões e alertas que temos que ter a partir de hoje.

 

O Caso 4 - A Cidade de Dois Irmãos e o Vale do Sinos/RS, mostrará como podemos aproveitar positivamente nossa diversidade. Como se pode pensar numa Metápolis, numa cidade pequena, sem muitos recursos, onde não se tem diferenças étnicas ou de gênero. Um bom exemplo de competência em gestão pública.

 

O Painel 5 - Economia criativa para o desenvolvimento das cidades vem complementar o painel 4 e o caso 5, mostrando a importância da cultura e da criatividade para que as cidades possam ser mais inovadoras. Uma Metápolis tem que ser antes de mais nada, uma cidade forte na economia criativa. A atração e retenção de talentos vai depender em como vamos preservar a cultura e o patrimônio da cidade.

 

O Caso 5 - Segurança nas Infovias, vai nos remeter fortemente a tecnologia das Metápolis, a nova preocupação da segurança, não mais só a física, mas a virtual. Como temos que nos preparar? Quais os exemplos e casos que podemos discutir? A eleição virtual e eletrônica?  As guerras cibernéticas? As fake News?

 

Já dentro deste novo mundo, vamos ter o Painel 6 - Ferramentas de Gestão para as Metápolis, onde vamos discutir o governo digital, a telemedicina, o IOT, o 5G e as políticas públicas para as cidades se prepararem na transformação de METÁPOLIS.